Receitas para
seu Jantar a Dois
por Rodrigo Clasen.

Sopa de Capeletti - da Itália para esquentar seu inverno.

Escrito por Rodrigo Clasen

Sopa de Capeletti

O Capeletti é uma massa originalmente italiana e tem este nome por lembrar um chapéu medieval que possui uma aba acolchoada ao seu redor.
Capelo é uma palavra italiana que significa chapéu e capeletti é seu diminutivo, e por representar um pequeno chapéu é que esta massa recebeu este nome.
O Capeletti foi desenvolvido no norte da Itália e é considerado um toque de classe que os italianos deram a sopa, que já era consumida desde a pré-história. É ideal para os meses frios, pois é nutritiva e esquenta o corpo.

Veja nossa receita de Sopa de Capeletti:

Ingredientes


  • 1 Peito de frango cortado em pedaços grandes
  • 1 carcaça de frango
  • 300 g de capeletti
  • 2 mandiocas pequenas em pedaços
  • 1,5 L de água
  • 500 mL de caldo de frango
  • Sal e Pimenta a gosto
  • Tomilho a gosto
  • Alecrim a gosto

Modo de Preparo


Coloque a carcaça de frango, a mandioca e os pedaços de peito de frango em uma panela de pressão junto da água, deixe cozinhar por mais ou menos 20 minutos na pressão.
Após esse tempo retire a pressão e descarte a carcaça, caso tenha alguns pedaços de carne na carcaça você pode soltá-los e acrescentar no caldo de sua sopa. Pegue alguns pedaços da mandioca e amasse-os para incorporar ao caldo e engrossa-lo, caso a mandioca ainda não esteja macia retorne-a a pressão por mais 5 minutos.
Quando a mandioca estiver macia, adicione à panela todos os outros ingredientes e deixe cozinhar o capeletti, o tempo de cozimento varia de massa para massa e é informado na embalagem. Quando o capeletti estiver cozido retire os galhos de tomilho e alecrim e sirva acompanhada de torradinhas e queijo ralado.


E não esquece de acompanhar nossas novidades em nossas redes sociais twitter, instagram e facebook.

Bom Apetite!







Sobre Rodrigo Clasen

Minha curiosidade na cozinha começou um pouco tarde. Quando saí de casa para estudar e morar sozinho. Minhas primeiras preparações foram orientadas por telefone e não fugiam muito do arroz e bife. Porém, mesmo assim, em alguns momentos eu me arriscava no uso de temperos e especiarias para “reinventar” o preparo.

Hoje, alguns anos, muito estudo e preparos depois, posso admitir com toda a certeza que cozinhar é um hobby prazeroso, que me une mais a minha esposa, que me proporciona novas aventuras, conhecer novas pessoas e crescer como pessoa lendo, testando, escrevendo e compartilhando nossos momentos na cozinha, que nos fazem tão bem.

Em poucas palavras eu sou:

Publicitário, com atuação em marketing, e apaixonado por tudo que envolve a gastronomia.

Apaixonado e Casado com a Carol, parceira de Jantares a Dois e de cozinha.

0 comentários :
Postar um comentário