Receitas para
seu Jantar a Dois
por Rodrigo Clasen.

Nhoque de Batata e Espinafre

Escrito por Rodrigo Clasen

Nhoque de Batata e Espinafre

Nhoque de Batata

O nhoque, prato tradicional da culinária italiana, está ligado a superstição do nhoque da fortuna, já contada aqui no jantares a dois, mas a história deste prato é anterior ao período de São Pantaleão, supõe-se que date ainda dos tempos dos gregos e romanos antigos.
Sua receita mais famosa é composta por uma mistura de batata e farinha de trigo, porém, obviamente, já foram criadas inúmeras variações substituindo, principalmente, a batata. O mais interessante da história é que o ingrediente mais popular desta receita típica da Itália foi o último a fazer parte da receita.

A batata só chegou a Itália por volta dos séculos XVI e XVII, antes disso o nhoque foi preparado com tipos diferentes de farinha; trigo ou arroz e até mesmo miolo de pão. Estes ingredientes eram misturados com um pouco de água quente, modelados em formatos cilíndricos e cortados em pedaços menores e então cozidos em água fervente ou em um tipo de caldo preparado com legumes e ossos de frango.
O resultado desta mistura toda era um prato saboroso e simples que aos poucos foi conquistando a todos na Itália.
Quando ocorreu a inclusão da batata na receita o prato ganhou o mundo, além de versões em vários outros países. Na Alemanha ganhou adaptações e se tornou spätzel, na Hungria a mesma receita se chama galuska e no Brasil ganhou variações com batata doce, mandioca e batata salsa.
Um ponto importante na preparação do nhoque com batata é que não é qualquer batata que pode ser adicionada a receita, para ser acrescentada a batata deve conter pouca água, ser uma batata seca propiciando um nhoque mais leve e pouco grudento, fato que ocorre quando a massa é muito manipulada ou quando há adição de muita farinha no preparo.

Ingredientes

  • 750 g Batata Asterix (6 batatas médias)
  • 1 xícara de Farinha de trigo
  • 1 maço de espinafre
  • 1 Ovo
  • 1 colher de sopa de margarina ou manteiga
  • Sal a gosto

Modo de Preparo


Coloque as batatas para cozinhar com a casca até que elas estejam bem macias e mais fáceis de serem amassadas. O ponto correto é quando a casca da batata começar a rachar. Assim que cozidas descasque-as e amasse com um garfo ou um espremedor de batatas e deixe esfriar.
Higienize o espinafre e leve-o a uma frigideira, já aquecida, para cozinhar, ele reduzirá a menos metade do tamanho original. Depois de reduzido o tamanho as folhas devem estar bem macias, neste ponto leve-as a um peneira e aperte bem para que o excesso de água escorra e o espinafre fique mais crocante. Esse processo é muito importante para o preparo do nhoque, pois se ele estiver muito úmido será necessário colocar mais farinha na massa do nhoque o que pode deixá-lo mais pesado e com uma textura mais pegajosa. Pique-o e reserve.
Com a batata já fria misture todos os ingredientes e a farinha vá adicionando as poucos até dar a liga. Para a massa não umedecer é bom que ela não seja muito manipulada, assim você não corre o risco de perder o ponto.
Sobre uma superfície enfarinhada, faça rolinhos e corte em pedaços pequenos. Para cozinhar coloque os nhoques em uma panela com água fervente até que eles subam e retire. Depois de cozidos coloque em um recipiente com água gelada para parar o cozimento, retire e coloque em uma travessa.

Sirva com o molho de sua preferência. Este preparo servimos com molho bolonhesa.

Nhoque de Batata e Espinafre


Serve 4 pessoas

Bom Apetite!




Assine Jantares a Dois por Email





Sobre Rodrigo Clasen

Minha curiosidade na cozinha começou um pouco tarde. Quando saí de casa para estudar e morar sozinho. Minhas primeiras preparações foram orientadas por telefone e não fugiam muito do arroz e bife. Porém, mesmo assim, em alguns momentos eu me arriscava no uso de temperos e especiarias para “reinventar” o preparo.

Hoje, alguns anos, muito estudo e preparos depois, posso admitir com toda a certeza que cozinhar é um hobby prazeroso, que me une mais a minha esposa, que me proporciona novas aventuras, conhecer novas pessoas e crescer como pessoa lendo, testando, escrevendo e compartilhando nossos momentos na cozinha, que nos fazem tão bem.

Em poucas palavras eu sou:

Publicitário, com atuação em marketing, e apaixonado por tudo que envolve a gastronomia.

Apaixonado e Casado com a Carol, parceira de Jantares a Dois e de cozinha.

0 comentários :
Postar um comentário